EM CONSTRUÇÃO

BLOG EM CONSTANTE ATUALIZAÇÃO - FIQUE LIGADO

2o. dia - Departamento de Lot - Saint-Cirq Lapopie

O segundo dia amanheceu belíssimo e nós, em "nossa" casa de campo, no pequeno vilarejo de Lacave, tomamos um belo café da manhã trocando ideias com Anne-Marie, que havia voltado há poucos meses de suas férias pelo litoral da Bahia...
TDepois de um bom papo, pedimos algumas informações, e decidimos mesmo destinar o dia a Saint-Cirq Lapopie, uma cidadezinha localizada a cerca de 70 km.
Programamos o GPS para evitar estradas pedagiadas e para mergulharmos pelas rotas próximas da natureza. Tomamos a estrada sem pressa, decididos a deixar as paisagens nos conquistar. Nós, e os muitos ciclistas que percorrem a região turistando em duas rodas.



Ao passarmos por dentro de um pequeno vilarejo que tem uma ou duas ruas, não resistimos e paramos para algumas fotos. Com direito a ver rebanhos de ovelhas pastando na beira da estrada...



Poucos quilômetros a frente, novamente fomos surpreendidos e obrigados a parar. Encantados com a imagem abaixo, decidimos entrar na vila e deixar o carro pra uma caminhada. Sem ver quase ninguém nas ruazinhas e mesmo nas casas, nos sentíamos quase que em um filme, em uma cidade fantasma... ou mágica.


 Mais ao fundo, após o riacho e a ponte de pedras, uma estradinha com criações de ovelha, galinhas e coelhos.

A vontade de permanecer naquela beleza e serenidade era grande demais. Mas se tínhamos achado aquele lugarzinho pitoresco por acaso, talvez valesse mesmo a pena seguir até Saint-Cirq.


Assim, deixamos Saint-Martin de Vers pra trás. Vários quilômetros depois, entramos na cidade de Vers, com uma bela paisagem logo na entrada. Não nos detivemos pois além de visitar Saint-Cirq, a gente queria fazer o passeio de barco e tínhamos que descobrir exatamente onde embarcar e que horas haveria o passeio.

Passando por Vers
A partir dali fomos costeando o rio Lot, que dá nome ao departamento. Em Saint-Géry perguntamos sobre o passeio de barco e nos informaram que ele partia de Bouziès, um pouco mais adiante.

Costeando o rio Lot, seguindo em direção a Bouziès e Saint-Cirq Lapopie
Encontramos o local e decidimos, pelo horário, visitar primeiro Saint-Cirq e depois fazer o passeio de barco. Subimos então de carro e fomos desbravar o belíssimo vilarejo no alto de uma falésia, à beira do rio.
A cidade é um portal no tempo com suas construções medievais datadas desde o século XIII. Cheia de história e mitos, dali pode-se dar início à peregrinação pelo caminho de Santiago de Compostela (Espanha). Logo que chegamos, procuramos o escritório de turismo pra conseguir um mapa da cidade e informações sobre o local. (http://www.saint-cirqlapopie.com/)
Vista do alto com o mapa da cidade.


Subir e descer em Saint-Cirq - inevitável. 

 A beleza dos detalhes... Por toda cidade, em cada ângulo.
Saint-Cirq Lapopie recebeu o selo "Les plus beaux villages de France" [As mais belas vilas da França] atribuídos às vilas mais impressionantes da França. E pode ter certeza. Se tem o selo, é imperdível! Pode conferir a lista aqui: http://www.les-plus-beaux-villages-de-france.org/fr


Vendo o rio Lot do mirante de Saint-Cirq-Lapopie


Nosso almoço foi um belo piquenique ali mesmo, contemplando os telhados da cidade. Depois de babar por toda cidade e fotografar muito, de olho no relógio (íamos pegar o barco das 15h30) fomos pro passeio de barco (www.lot-croisieres.com).


O passeio guiado fornece informações sobre a região e sua história. Leva cerca de uma hora em um rio calmo, num passeio tranquilo, passando também por uma pequeno canal com eclusa.
Saint-Cirq Lapopie visto desde o rio.

Château des Anglais, pertinho de Bouziès.
Como o dia ainda estava rendendo, resolvemos dar estender o passeio até Cahors. Capital do departamento, famosa produtora de vinho, chegamos na cidade sem saber muito a respeito dela. Mas sobre a famosa ponte a gente tinha informação. Então começamos circulando a cidade de carro até encontrá-la. 

Daí seguimos perambulando pela cidade. Final de tarde, terminamos tomando uma taça de vinho branco bem gelado pra celebrar o fim de tarde de sol.


Perambular pela ponte, que beleza. Mas sabe aquelas ideias que você tem e depois se pergunta: que tô fazendo aqui? rsrsr isso que dá subir no alto de uma escada sem corrimão dos dois lados. Mas tudo bem. Pernas bambas mas sobrevivemos intactos. Prontos pra outra!

Videiras à margem do rio Lot.

Pelas ruas estreitas do centro medieval de Cahors.

Sol de fim de dia (lá pelas 21h...) dourando a velha arquitetura.
Findado o dia, pegamos rumo noite a dentro para nossa casa de campo Le Capistan, em Lacave.





Com certeza, não aproveitamos Cahors em sua melhor possibilidade. Mas, como dizemos, "fica pra volta!"
Dois vídeos de onde andamos hoje:
a) Cahors
b) a região de Saint-Cirq Lapopie

Nenhum comentário:

Postar um comentário